(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Período da Revolução Americana

A Revolução Americana é o período dos acontecimentos políticos nas colônias britânicas da América do Norte nos anos 1765-1783, que resultou na formação dos Estados Unidos. A revolução foi causada pela relutância das colônias em obedecer aos interesses do monopólio.

A Revolução Americana começou como um movimento de libertação nacional que se transformou em uma guerra pela independência, mas à medida que os eventos se desdobravam, começaram a ter contradições sociais; Como resultado da crescente divisão na sociedade americana, a guerra pela independência tornou-se uma guerra civil. A expressão mais vívida dessa falha foi encontrada no movimento de partidários, que se aliaram à coroa britânica, opondo-se abertamente ao povo insurgente.

A Revolução Americana deixou intacta a posse de escravos do Sul, um sistema que, durante 80 anos após o fim da Guerra Revolucionária, impediu o desenvolvimento do capitalismo americano. A revolução afetou ligeiramente as relações de propriedade estabelecidas durante o período colonial, eliminando apenas os vestígios do feudalismo nas relações agrárias. No entanto, não se pode negar as grandes conquistas da Revolução – a conquista da independência e o estabelecimento de uma república federal unificada, a institucionalização constitucional e legal dos direitos e liberdades democrático-burguesas.

Em 5 de setembro de 1774, o primeiro congresso continental reuniu-se na Filadélfia, onde todas as colônias estavam representadas, exceto a Geórgia. George Washington, Benjamin Franklin, John Adams e outras figuras proeminentes, que desempenharam um papel importante na Revolução Americana, estavam entre os delegados do Congresso. O Congresso aprovou uma decisão que inevitavelmente levou a uma ruptura com o monopólio britânico, boicotando a importação de produtos britânicos e exportação das colônias.

Em abril de 1775, aconteceu a batalha de Lexington, marcando o início da guerra de libertação nacional. No segundo Congresso Continental, foi adotada uma declaração de motivos para a adoção das armas, tornando George Washington um comandante-chefe.

A Declaração dos Direitos da Virgínia teve uma enorme influência no curso dos eventos revolucionários e na consciência política e legal dos colonos. Esta declaração é um dos documentos mais importantes da história do constitucionalismo americano. A Declaração proclamava que todo o poder reside no povo e é derivado do povo, e os governantes são os servidores de confiança do povo e são responsáveis ​​perante eles.

A Declaração de Independência de 1776 desempenhou um papel de destaque no desenvolvimento da democracia e do constitucionalismo norte-americano. Este documento, escrito por Thomas Jefferson e adotado pelo Terceiro Congresso Continental, teve um caráter revolucionário.

Prev post Next post