Precisa de uma abordagem pessoal e exclusiva?

Para que gastar seu tempo procurando trabalhos prontos online? Tente nosso serviço agora mesmo!

Políticas sociais de Platão sobre a alma e o interesse próprio

Existem muitos trabalhos escritos que dizem respeito ao mundo interior das pessoas e prestam atenção à questão da alma e interesse próprio. O livro “República de Platão” começa e termina com as discussões da justiça. A propósito, a parte principal do livro segue o dialeto entre a devida implementação da justiça, Sócrates e os interlocutores sobre a natureza. O elemento central deste dialeto é a questão de se é ou não a justiça o bem intrínseco. Mas há mais um ponto de vista, o que sugere que é simplesmente bom porque existem algumas externalidades ou conseqüências sociais. Para fazer os futuros argumentos sobre os lados bons e ruins da justiça em seus próprios termos e conseqüências, Platão desenvolveu o modelo certo de justiça na alma, o modelo certo de justiça na cidade, e um deles depende do seu modelo anterior. Platão também dedica a quantidade considerável de tempo para identificar de maneira muito específica as coisas que tornariam a cidade mais harmoniosa e também aquelas que poriam em risco a harmonia criada porque o autor define a justiça na cidade como unidade e harmonia.

Ele prova que isso ocorre porque a cidade harmoniosa com o corpo funcional e coerente política existia graças à natureza. Mas Platão também escreveu que os nobres princípios sociais visavam a formação das almas de todos os cidadãos da cidade, e esses princípios são necessários e também responsáveis ​​por afetar a justiça da harmonia.

Além disso, parece que a cidade de Platão é tão harmoniosa e, portanto, tão simples. A razão para isso é o pragmatismo político que resulta da aristocracia e do regime, que são estruturados de tal forma que alavancam o interesse próprio das pessoas que pertencem às diferentes classes da sociedade. Além disso, garante que indivíduos da classe toda tenham a liberdade de praticar o ofício para o qual são mais adequados.

Para fazer a análise da lógica de Platão em relação à justiça em sua aristocracia, a primeira tarefa para os leitores é separar os princípios sociais nobres que visam moldar a alma dos cidadãos dos diferentes elementos da organização política que não são destinados a fazê-lo. Além disso, pode ajudar nesse esforço considerar e compreender esses dois papéis distintos adotados por Platão no planejamento dos vários aspectos de sua aristocracia.

Como funciona?

O estudante
Faz o pedido

O livro «Medicine River» é interessante e atraente para os leitores. Existem algumas situações

Escritores fazem
suas propostas

O livro «Medicine River» é interessante e atraente para os leitores. Existem algumas situações

O estudante
contrata um eskritor

O livro «Medicine River» é interessante e atraente para os leitores. Existem algumas situações

O escritor produz
o trabalho

O livro «Medicine River» é interessante e atraente para os leitores. Existem algumas situações

Você triturou para o tempo?

Temos melhores preços, confira você mesmo!

Deadline
Pages
~ 550 words
Nosso Preço
R$ 0
Preço dos concorrentes
R$ 0

VOCE PODE GOSTAR