(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Por que usar uma calculadora de linha tangente

Quando você começa a estudar geometria, você pode se tornar um desses alunos que odeiam esse assunto. Parece não haver sentido em desenhar gráficos intermináveis ​​e usar alfabetos diferentes para que você acabe gastando muito tempo imaginando como usar seu conhecimento na vida real. A boa notícia é que você pode encontrar muitas dicas e fontes, incluindo artigos revisados ​​por especialistas, que ajudarão você a fazer sua lição de geometria com sucesso e obter notas mais altas. Use-os e você entenderá que esta disciplina é bastante fácil e pode ser dominada com jogos mentais interessantes e prática suficiente. Por exemplo, se suas atribuições forem sobre uma linha tangente, lembre-se de que é uma linha reta que tem um declive passando por um determinado ponto do gráfico. Para encontrar a equação correta para isso, você precisa saber como pegar sua derivada. Se você achar esta tarefa um pouco complicada, sinta-se à vontade para usar uma calculadora especial que irá ajudá-lo a encontrar uma curva polar, implícita, explícita e paramétrica em qualquer ponto. Além disso, ele pode manipular linhas tangentes verticais e horizontais para que essa ferramenta seja universal. Se você ainda precisar de ajuda com suas atribuições de geometria, é aconselhável recorrer a freelancers profissionais que farão isso por você. Seus contatos são fáceis de encontrar on-line, e seus serviços, incluindo as respostas, são acessíveis e excelentes.

Na geometria, uma linha tangente (simplesmente chamada de tangente) a qualquer curva de lugar em um determinado ponto é a linha reta que apenas toca uma curva neste ponto. Tenha em mente que Leibniz o define como uma linha que passa por alguns pontos próximos em uma curva, e essa definição pode ser aplicada a curvas nas curvas espaço e espaço euclidianas também. Hoje em dia, a maioria dos alunos usa uma calculadora de linha tangente útil ao lidar com este assunto. Como essa linha passa por um ponto em que ela encontra uma curva (um ponto de tangência), ela segue na mesma direção que uma determinada curva, por isso é a melhor aproximação em linha reta neste momento. Quando se trata de um lugar tangente a uma superfície específica em um determinado ponto, tudo gira em torno de um plano que apenas toca nesse ponto. Você deve entender que esse conceito é uma das noções mais importantes e básicas ao estudar geometria diferencial, e é por isso que ele foi generalizado consideravelmente. Este termo é originário de «tangere» ;, uma palavra latina que significa «tocar»; Navegue na Internet para encontrar uma calculadora de linha tangente adequada, pois ela será útil quando você fizer o trabalho de geometria.

Uma breve história das linhas tangentes

Primeiro, Euclides fez algumas referências a esse tipo de linha em seu livro dos Elementos. Apolônio também definiu como uma linha que nenhuma outra reta poderia cair entre uma curva e ela (Cônica). Não se esqueça de Arquimedes, que encontrou em sua espiral levando em consideração um caminho de um dado ponto que se move ao longo de uma curva. Fermat projetou uma técnica especial para ajudar as pessoas a calcular linhas tangentes e outros problemas semelhantes em análise, e também a usou para calculá-las em uma parábola, mas agora os alunos têm uma calculadora de linha tangente. É interessante que Descartes tenha usado o método do normal de acordo com as observações de que um raio de qualquer círculo sempre permanece normal para esse círculo. Isto é o que resultou no desenvolvimento do cálculo diferencial mais tarde. Há muitas pessoas que contribuíram para isso, incluindo Roberval, que descobriu um método básico de desenhar linhas tangentes, então leve isso em consideração ao fazer sua definição de tese sobre esse assunto. Huddle desenvolveu algoritmos algébricos específicos para encontrar essas linhas, e outros desenvolvimentos foram feitos por Barrow e Wallis. No passado, a definição correta dessa linha era uma linha reta que tocasse uma determinada curva sem cortá-la quando produzida. No entanto, impede que todos os pontos de infecção tenham uma linha tangente e é por isso que foi substituída por definições modernas, incluindo a apresentada por Leibniz. Ele define que uma tangente é uma linha que passa por alguns pontos próximos em uma curva específica. Certifique-se de usar uma calculadora de linha tangente para tornar a tarefa de geometria fácil e rápida de concluir.

Linhas Tangentes e uma Curva

Como um estudante que estuda geometria, você deve perceber que a noção de que essa linha pode tocar uma determinada curva pode ser explicitada se você considerar a sequência de uma linha reta ou secante que passa por dois pontos (A, B) mentir em uma curva de função. Tenha em mente que a singularidade e a existência dessas linhas dependem de um tipo particular de suavidade ou diferenciabilidade matemática e usam uma útil calculadora de linha tangente. Por exemplo, se dois arcos circulares se encontram em um vértice ou em um ponto aguçado, não é possível definir qualquer tangente exclusivamente porque um limite de linhas retas em progresso depende da direção do ponto B que se aproxima de um determinado ponto.

Em quase todos os pontos, as linhas tangentes tocam uma curva sem cruzar, mas um ponto em que elas cruzam é ​​chamado de inflexão. Lembre-se de que figuras como elipses, hipérboles, parábolas e círculos não têm, mas quando se trata de curvas mais complexas, como funções cúbicas e seus gráficos, elas devem ter pelo menos um ponto de inflexão. Por outro lado, uma curva pode estar apenas em um lado de linhas retas que passam por um ponto, mas essas linhas ainda não podem ser chamadas de tangentes. Por exemplo, pense em uma linha que passa por um vértice em qualquer triângulo sem cruzá-lo, pois é onde não existe uma linha tangente (essas linhas são chamadas de suporte na geometria convexa).

Abordagens Diferentes das Linhas Tangentes

Vamos começar com uma abordagem analítica, porque você precisa entender isso ao lidar com a redação de um ensaio de síntese sobre esse assunto. A ideia de que tangentes são os limites de linhas retas é uma grande motivação para diferentes métodos analíticos e estratégias usadas para encontrá-los explicitamente. A principal questão de encontrá-los em um gráfico foi o número um que resultou no desenvolvimento do cálculo no passado.

Que tal uma descrição intuitiva? Imagine uma curva dada como um gráfico de uma função específica (y = f (x)). Para encontrar a linha tangente necessária em um determinado ponto, você precisa considerar outro ponto em uma determinada curva e usar uma calculadora de linha tangente correta. Preste atenção a uma inclinação de uma linha reta que passa e é igual a um quociente diferente.

Há uma descrição mais rigorosa porque você tem que explicar o significado chave de diferentes quocientes para deixar claro um raciocínio precedente. A boa notícia é que a fórmula matemática precisa foi desenvolvida por Cauchy e é baseada em uma noção de limites. Suponha que um gráfico específico não tenha nenhuma borda ou quebra acentuada, de modo que não seja nem muito complicado nem próximo de um determinado ponto. Isto é o que leva a uma definição de um declive de uma tangente a um gráfico como um limite de quocientes diferentes, portanto, certifique-se de usá-lo quando se trata de escrever um ensaio reflexivo sobre este assunto. Leve em conta que o cálculo oferece certas regras para computar funções e seus derivados, e elas são dadas por fórmulas (trigonométricas, potência, logaritmo, exponencial, etc.). Isso significa que as equações de linhas tangentes a qualquer gráfico dessas funções podem ser encontradas facilmente pelos métodos de cálculo existentes.

Dicas sobre como encontrar linhas tangentes

É necessário lembrar duas coisas para escrever suas equações para f em uma determinada fórmula para F e um valor específico para onde você quer que elas sejam, mas é necessário calcular tanto f como f ‘. Então você pode escrever uma equação de uma tangente dada uma inclinação e um ponto, então você precisa saber que esses detalhes devem ser definidos. Leve em consideração uma fórmula mágica ao discutir linhas tangentes e a grande novidade é que a maioria dos livros didáticos de geometria a tem. Use uma calculadora de linha tangente e esta fórmula para poder produzir as equações corretas. Às vezes, os alunos decidem negligenciar essa fórmula mágica porque pode levar mais memória que pode ser gasta em lembrar as definições de limite de derivativos. Se você valoriza a integridade, ainda é aconselhável usá-lo. Leve em conta que não há nenhum caso especial em que nem uma fórmula mágica nem uma equação de uma linha tangente possam ajudar. Se f ‘é infinito e indefinido, você tem uma tangente vertical e sua equação é x = a, assim como qualquer outra linha vertical. Se você usar a melhor calculadora, obterá o mesmo resultado, e esse conhecimento é muito importante se você quiser encontrar as derivadas das funções paramétricas.

Como encontrar as equações das linhas tangentes

Para atingir esse objetivo, você deve começar esboçando uma linha tangente e uma função, pois esse gráfico pode facilitar muito a solução de um determinado problema e determinar se a resposta que você está obtendo realmente faz sentido. Além disso, você sempre pode usar uma calculadora de linha tangente útil para fazer a mesma coisa, pois ela serve como uma referência efetiva. Certifique-se de esboçar uma tangente que passa por um determinado ponto (não se esqueça de que ela deve passar por esse ponto e ter a mesma inclinação).

O próximo passo que deve ser dado é concentrar-se na derivada 1 st para encontrar a equação correta de uma inclinação dessa linha. Se sua função é f (x), então sua derivada 1 st é f ‘(x) e representa uma equação para uma inclinação de uma dada tangente em qualquer ponto. É possível usar maneiras diferentes de criar os derivados necessários. Você também precisa inserir o valor de um ponto que você investiga na calculadora escolhida. Certifique-se de ler um problema específico para determinar as coordenadas corretas de um ponto para o qual você precisa encontrar uma linha tangente. É necessário inserir essas coordenadas e a saída obtida é uma inclinação de uma tangente em um ponto específico. Finalmente, você deve escrever a equação obtida em uma forma correta de declive de pontos. Não se esqueça de confirmar em seu gráfico depois de usar uma calculadora de linha tangente e obter informações importantes (represente graficamente uma função original e uma tangente para verificar se você tem a resposta correta). Se você preferir trabalhar em papel, certifique-se de consultar um gráfico anterior para verificar se há algum erro nesta resposta.

Diretrizes para fazer sua lição de geometria

Um dos erros mais comuns de muitos alunos é tentar memorizar tudo, mas esse assunto nunca pode ser dominado tomando essa etapa. Cada tópico é diferente para que você precise abordá-lo de forma diferente, e aprender mais sobre as abordagens existentes além de usar uma calculadora de linha tangente de qualidade é uma boa ideia. Use uma variedade de fontes ao estudar geometria, pois é uma das maneiras mais eficazes de entender seus conceitos. Por exemplo, você pode ver vídeos interativos específicos porque eles envolvem muito mais do que apenas um centro visual do cérebro. Certifique-se de se concentrar em conceitos importantes e tudo virá mais tarde. Portanto, não tente resolver problemas até compreendê-los em detalhes.

Você precisa usar exemplos úteis, especialmente ao iniciar um novo tópico. Olhe atentamente para ver como lidar com isso e leve em consideração diferentes abordagens para resolver problemas antes de usar qualquer calculadora de linha tangente. Outra ideia eficaz é aprender através dos padrões, porque é uma maneira simples de lembrar equações diferentes e outros termos na geometria. Tome tempo suficiente para lembrar seus conjuntos e fórmulas para tornar este assunto mais fácil de estudar (não se esqueça de usar flashcards para acelerar este processo). Você precisa entender como as notações funcionam porque são importantes para qualquer aluno que aprenda geometria. Pratique o máximo que puder sem depender apenas de livros didáticos para se tornar um verdadeiro craque nesse campo e estar bem preparado. Depois de usar essas dicas, você pode ter certeza de obter notas mais altas, mas não tenha medo de pedir ajuda a outras pessoas, incluindo professores e freelancers qualificados, sempre que precisar.

Prev post Next post