(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Morte de meus queridos amados avós

Lidar com a morte de meus queridos avós foi uma das coisas mais difíceis que eu já tive que fazer, especialmente porque é a primeira experiência de perder meus entes queridos. Eu entendi que essa dor não iria embora magicamente, então decidi dar alguns passos para facilitar isso. Agora, posso compartilhá-los com outras pessoas que precisam de ajuda em situações semelhantes.

Antes de mais nada, é necessário aceitar sentimentos sobre essa perda trágica e aprender a lidar com a perda de seus queridos avós. Não se esqueça do apoio da sua família e do retorno a uma vida normal. É verdade que minhas memórias sobre meus queridos avós permanecerão comigo para sempre e eu sempre honrarei sua memória.

Comecei a aceitar minhas emoções sobre perdê-las e é aconselhável tomar o tempo necessário. Você não deve ouvir as pessoas que continuam dizendo que há uma linha do tempo ao lidar com o seu luto. Algumas pessoas tomam sua perda mais facilmente que outras. Quando muitos meses se passaram, me senti melhor, mas minha perda ainda é trágica porque não há nada que possa substituir meus avós.

Outra coisa que deve ser feita é deixar as emoções de fora, para que você não pare de gritar, chorar, etc. Eu fiz o que eu precisava para expressar meus sentimentos e lidar com a morte dos meus avós. Eu não retive as minhas lágrimas por causa do seu efeito terapêutico. Eu também tentei escrever minhas emoções em um diário especial para expressá-las livremente.

Eu sempre vou manter meus amados avós em minhas memórias e coração. Eu não acho que haverá algum momento em que eu pararei de pensar neles. Muitas vezes penso nos bons momentos que tivemos juntos, conversas calorosas, viagens e assim por diante. Honrar sua memória não é apenas valorizar os bons momentos, mas também esquecer as coisas ruins. Além disso, muitas vezes olho para suas fotos para me sentir em paz.

Além disso, sempre estou atento aos meus gatilhos, pois é isso que me ajuda a lidar com essa perda, por isso evito nosso lago favorito e outros lugares marcantes porque sinto que não estou pronto para visitá-los sozinho. Devo admitir que há algumas coisas que sempre serão um pouco mais difíceis, como feriados, mas eu posso aproveitá-las novamente enquanto ainda me lembro dos meus amados avós. A boa notícia é que minha família me apoia e eu aprecio suas palavras calorosas. Não tenho medo de compartilhar meus sentimentos com os outros, incluindo meus amigos, porque sei que eles sempre me ajudarão. Por fim, anotei todas as histórias interessantes que meus queridos avós costumavam me contar.

Prev post Next post