(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

O bibliotecário da escola do século XXI

A biblioteca tem um lugar especial no sistema de cultura. Por um lado, é um objeto de memorização capaz de salvar e organizar o conhecimento das gerações anteriores e, por outro lado, a biblioteca é um assunto ativo de promoção da cultura, que requer uma estratégia especial de gestão de mudança cultural.

Como instituição sócio-cultural, a biblioteca foi criada para realizar as seguintes ações: coleta, processamento, armazenamento, fornecimento de trabalhos escritos e impressos a leitores em uso temporário. Além das funções reais da biblioteca, a biblioteca desempenha uma função social, que é historicamente condicionada.

No final do século XX, a biblioteca entrou em um novo e difícil período de desenvolvimento associado a mudanças socioeconômicas, culturais e tecnológicas inovadoras na sociedade e aos processos dinâmicos internos na organização da biblioteca. Hoje, a função comunicativa das bibliotecas torna-se perspectiva, implicando diferentes formatos de diálogo com os leitores. Mas a preponderância da comunicação oral às custas de trabalhar com as coleções da biblioteca pode levar à transformação da biblioteca em clubes.

Adaptando-se às preferências da cultura de massa, as bibliotecas tentam ser modernas no mundo atual, abertas a usuários em potencial e atraem a atenção de qualquer maneira cultural. É importante manter a medida e não perder a essência da biblioteca nesse processo. É necessário transformar a imagem tradicional de bibliotecas e bibliotecários na consciência pública com a ajuda da formação competente da imagem da instituição e da profissão.

Política cultural do estado, programas nacionais de apoio à promoção da leitura, mudança de paradigma de ensino superior, o foco na competência profissional dos bibliotecários indicam que a profissão de bibliotecário é perspectiva e demanda, mas precisamos de um bibliotecário da nova formação. O bibliotecário escolar do século 21 deve ser um navegador criativo e intermediário no sistema de comunicação documental com conhecimento e habilidades em gestão e marketing no campo da atividade de biblioteca e informação. O bibliotecário moderno deve ser versado em muitos conhecimentos (psicologia, sociologia, ciência política, direito, educação e outros).

Os bibliotecários precisam desenvolver constantemente o conhecimento humanitário moderno, levando em conta a dinâmica da economia de mercado e os processos inovadores no campo da cultura. O fortalecimento da educação profissional, o fornecimento de treinamento por meio de várias formas de requalificação são componentes importantes das atividades da biblioteca. O bibliotecário, antes de mais nada, é obrigado a ser alfabetizado em informação e mídia.

Prev post Next post