(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Remédios destinados ao Ensaio de Associações Abusivas e PTSD

Pesquisa do ensaio:

Gatilho: Meu nome é Jess Overton

Do caso à causa: meu nome é Jess Overton

Jess, a cliente, se saíra tão bem nos 30 dias em que se hospedava que a moça quase se matriculou em um plano de treinamento. Ela experimentou queria ser considerada uma técnica de laboratório, mas como resultado da falta de fundos, seus pais não puderam entregá-la à escola. Ela também estava se preparando para se mudar para um condomínio de transição, mas com todas essas emoções, David ainda estava lutando pela custódia das crianças. O tribunal também apresentou direitos legais de visitação a David, mas pode estar sob orientação e o chip de computador se recusou a visitar seu pai. Para conseguir Shannon e Marty, eles podem ir ao tribunal todas as semanas e descobrir o pai por uma hora. Quando Shannon foi dormir, havia ocasiões em que ela chorava por seu pai (Mcintosh, 2015). As coisas e momentos mencionados acima foram tão difíceis para Jesse estar sozinho e a levaram a querer voltar para David. Além disso, há ocasiões em que ela esquece as coisas terríveis que a David completou e relembra os bons momentos que passaram juntos como um casal e uma família. Mais importante ainda, Jesse ainda estaria apaixonado por David. Este foi realmente um segundo emocionante para ela lutar por seus filhos e defendê-los do pai violento (Kirst-Ashman Hull, 2015).

Pergunta quatro

Olhar para vários outros sobreviventes da violência física doméstica, deixar um grande casamento abusivo não é uma tarefa fácil, mas uma hercúlea que colocou em risco a mulher e pede recursos que não estão prontamente disponíveis. A maioria dos sobreviventes vive em relacionamentos humanos abusivos com a esperança de fazer as coisas funcionarem, e nós relacionamos isso com a história de Jesses e suas experiências de cuidar dos melhores interesses com as crianças antes de tentar resolver seu relacionamento quebrado particular (Dockterman, 2016). Os sujeitos femininos de violência doméstica serão mantidos escravos, porque acharão difícil mantê-los devido a preocupações com dinheiro para manutenção e bem-estar das crianças e seu bem-estar mental. A maioria das mulheres que caem, vítimas de agressão doméstica, não está em condições de sair, pois depende do homem que pertence à sobrevivência e, portanto, qualquer decisão que ela tome se torna uma situação de perda ou perda. As meninas foram forçadas a conviver com a Síndrome de Concussão e o Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) devido à reação cotidiana ao abuso.

Na maioria dos casos, a mulher pode fugir junto com os filhos, no final, volta a se encontrar no relacionamento devido a circunstâncias fora de seu alcance. Os jovens são a primeira coisa na vida conjugal e, portanto, o que Jesse fez foi adicionalmente porque a senhora colocou o bem-estar de seus filhos em primeiro lugar antes de seu físico

Prev post Next post