(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Ambiente organizacional Análise detalhada da Starbucks do documento de análise ...

Trecho do documento de análise:

 Ambiente organizacional Starbucks

Análise complexa do ambiente organizacional – Starbucks

Cultura e ambiente organizacional da Starbucks

Perspectivas globais da Starbucks

Responsabilidade interpessoal apreciada pela Starbucks

Processo de organização da Starbucks

Tomada de decisões Processo da Starbucks

Estratégia corporativa da Starbucks

Estrutura da empresa da Starbucks

A Starbucks usa uma estrutura mecanicista como um design contemporâneo

Cultura e meio ambiente da empresa Starbucks

A Starbucks Corporation é considerada uma das principais cadeias de propriedades de café que oferecem cafeína da melhor qualidade a seus clientes. Essa corporação de varejo está sediada nos EUA, iniciada inicialmente nos dez anos de 1970. Devido ao seu reconhecimento, a empresa se expandiu rapidamente para locais variados em todo o mundo. A visão, os objetivos e as estratégias projetadas indicavam claramente o fato de que os proprietários não acreditariam em um crescimento capaz de diminuir a cultura da organização; portanto, as tradições corporativas foram consideradas um dos aspectos essenciais para a empresa. A declaração de missão dos negócios a esse respeito também expressa que eles procuram “inspirar e nutrir a alma humana – um indivíduo, um copo e uma vizinhança de cada vez”. (Starbucks, 2013)

No momento em que fala da cultura corporativa, os trabalhadores são considerados um ativo importante pela corporação; portanto, a comunicação aberta do trabalhador geralmente é promovida. De fato, os funcionários da Starbucks são respeitados como seus parceiros. Além disso, valor e orgulho também são considerados os princípios de ajuda na tradição corporativa da Starbucks, onde todos os funcionários são valorizados e tratados com admiração. Como os funcionários certamente são um ativo valioso para a organização, oferecem assédio e abuso no local de trabalho totalmente gratuito para sua força de trabalho. Além disso, a organização também fornece a cultura que pode estar livre de discriminação e preconceito. De fato, o tráfico de seres humanos é extremamente desencorajado pela gerência; portanto, pessoas com menos de 14 anos não são usadas na Starbucks (Starbucks, 2013).

Assim como os funcionários, os clientes destinados à Starbucks serão uma das partes interessadas mais importantes e assumiram o título do cliente e o compromisso como a pedra da inspiração para o sucesso. Por esse motivo, eles podem ter enfatizado a implementação de estratégias que poderiam aumentar as vantagens para seus clientes. Além disso, a corporação também motiva e mantém um histórico de feedback regular nos clientes. A Starbucks declara que eles não apenas podem oferecer a seus clientes uma tradição abundante de café, mas essa é uma de suas estratégias para criar um sentimento de conexão e engajamento com essas pessoas, o que as produziu diferentes e únicas (Starbucks, 2013). .

Pontos de vista globais da Starbucks

A Starbucks é conhecida como uma residência de café que foi iniciada há quase quarenta anos como sendo um café de esquina e hoje está localizada em mais de sessenta países. Essa incrível expansão se deve apenas à clarividência e à sua extensa visão, que geralmente faz da empresa uma empresa líder em cafeína no mundo. O enredo da expansão global elucida a verdade de que a evolução das tendências nacionais e intercontinentais é fundamental para seus negócios globais (BCG, 2012).

Isso indica que as necessidades específicas do mercado local foram cuidadosamente alteradas e personalizadas pelo fabricante. Além disso, é prudente observar que o fabricante também cuidou de suas próprias tradições, hábitos e costumes, enquanto personaliza as necessidades da população local. Esse equilíbrio das tendências do mercado local com suas próprias tradições é um processo desafiador; no entanto, a Starbucks conseguiu isso ao se concentrar estritamente no item com o esforço dos funcionários e clientes (BCG, 2012).

A excelente visão da organização (que eles podem ter seguido rigorosamente) desempenhou um papel enorme em sustentar bastante o gráfico global da sua marca. Além disso, o compromisso deles em fornecer a melhor qualidade possível e serviços amigáveis ​​também desempenhou um papel crucial na criação de uma imagem de marca em uma perspectiva global. A atmosfera, a tradição e a experiência geral são outro fator que contribui para o sucesso da Starbucks, pois induz agitação aos associados da comunidade de café expresso.Portanto, ambiente e qualidade do serviço são os aspectos comuns da Starbucks que proporcionam aos clientes uma experiência no momento em que alugam uma área no café (BCG, 2012).

De acordo com o ponto de vista global, também é muito importante destacar que a Starbucks desenvolveu um forte vínculo com a tecnologia (que se transformou em uma necessidade primordial da geração atual) e com as empresas tecnológicas (BCG, 2012).

Responsabilidade social adotada simplesmente pela Starbucks

A responsabilidade social dos negócios sempre foi um componente essencial da missão e da visão da Starbucks. Isso se deve principalmente à explicação de que a Starbucks pretendia fabricar organizações dignas e duradouras em dois pilares: sucesso e consciência social. Com relação a isso, os registros mostram o fato de que logo após o crescimento da organização (no início da década de 1990), eles imitaram políticas, procedimentos, estratégias e táticas de redação destinadas à responsabilidade cultural corporativa (Starbucks, 2013).

A Starbucks apreciou várias maneiras que demonstram sua preocupação em manter o mundo inteiro (Mãe Terra) seguro, verde e saudável e, de fato, promover extensivamente o mundo a agir da mesma maneira. ‘Fundamentos para o seu jardim’ foi um dos planos iniciais de responsabilidade social da Starbucks para fazer negócios ecologicamente corretos. No entanto, depois disso, a organização continuamente construiu e executou planos de responsabilidade social (Starbucks, 2013).

Várias táticas referentes ao tópico incluem a diminuição do tamanho dos guardanapos de papel, a diminuição das sacolas de lixo das lojas de varejo, o alívio da produção de gastos sólidos e assim por diante. A Starbucks foi muito apreciada e foi classificada na lista principal dos Green Power Partners devido a seus planos de responsabilidade social (Starbucks, 2013).

Embora a Starbucks tenha implementado vários planos para tornar o negócio ainda mais ecológico, essas pessoas estavam cercadas por poucas controvérsias. Com relação a essas técnicas, a empresa não utilizaria adequadamente o recurso útil da água, pois suas lojas possuíam águas operacionais extremamente contínuas destinadas à limpeza dos pratos. No entanto, em resposta a problemas, a Starbucks não apenas reexaminou seu programa, mas também implementou uma solução totalmente nova para superar a questão do consumo excessivo de água para lavar seus utensílios (Starbucks, 2013).

Este não é apenas o fim de sua responsabilidade social, pois eles construíram e aplicaram o plano de usar o material reciclado (papel) (até uma certa porcentagem) em suas xícaras de café expresso. Por esse motivo, a utilização de material reciclado também foi homenageada (Starbucks, 2013).

Processo de planejamento da Starbucks

O processo de organização pode ser a principal dependência de qualquer organização e é realizado em todos os níveis de gerenciamento. A Starbucks é uma das marcas líderes e ativas que pretende acabar sendo a líder global do setor simplesmente reformulando o encontro com o café. O método de planejamento é a melhor opção que pode levar à consecução dos objetivos.

Olhando para a Starbucks, o processo de aparência do fabricante está profundamente focado na satisfação da equipe. Os funcionários e a gerência da Starbucks estão totalmente determinados a continuar e proteger a ética e os princípios intransigentes. Isso significa o fato de que a corporação adquiriu a capacidade de atrair e apoiar os trabalhadores da mais alta qualidade, aplicando inúmeras estratégias ligadas aos seus benefícios e direitos iguais. Portanto, o processo geral de planejamento da Starbucks permitiu que eles continuassem na vanguarda e competitivos na indústria de café expresso.

Outro fator que foi bastante focado em todo o processo de planejamento foram os clientes. A Starbucks tinha a capacidade de modificar e se ajustar à dinâmica da mudança com a demografia generalizada dos clientes.

Como a Starbucks é conhecida como fabricante global, o processo de aparência é conduzido pelo conselho de administração. Esses proprietários são os principais responsáveis ​​pelo crescimento das abordagens e regras gerais da empresa. No entanto, para possuir um método de planejamento nas extremidades da vizinhança, esses tipos de diretores definiram gerentes de locais destinados aos locais em base local; portanto, esses gerentes geralmente são responsáveis ​​por gerenciar as especificações internacionais da corporação, ao mesmo tempo em que satisfazem os requisitos. do mercado de bairro.

Tomada de decisões Processo da Starbucks

O método de tomada de decisão cobre quantidades significativas de aspectos pertencentes a uma organização.A Starbucks reconheceu a importância do processo de tomada de decisão em um nível extremamente precoce; portanto, eles podem ter projetado com sucesso as diretrizes de construção que facilitam o automóvel e moldam a noção corporativa que pode causar seu sucesso (SeaZone, 2012).

Para a Starbucks, eles desenvolveram um método abrangente de tomada de decisão, a fim de garantir que as práticas honestas e também os objetivos organizacionais desejados sejam alcançados. Isso se deve principalmente à explicação de que a integridade é consideravelmente o fator mais importante no processo de tomada de decisão. Portanto, os valores são refletidos de forma abrangente nas decisões fabricadas pela supervisão (SeaZone, 2012).

O sistema centralizado de tomada de decisões é a abordagem principal implementada pela Starbucks. No entanto, esse processo de tomada de decisão é tipicamente baseado em um modelo de seis etapas que pode ser essencial para a tomada de decisão ética (SeaZone, 2012). A estrutura vem com:

Identificação na dificuldade ética

Listar todos os métodos possíveis para resolver o problema.

Procure informações de partes interessadas importantes

Descobrindo o melhor procedimento possível

Solicitar informações sobre o curso pouco claro

Siga as decisões tomadas

O princípio norteador da base da tomada de decisão é a plataforma ética (discutida acima), que é puramente projetada tendo em mente a declaração objetiva da organização (SeaZone, 2012).

Abordagem corporativa da Starbucks

A Starbucks criou sua

Prev post Next post