Uma análise dos três destinos na mitologia grega

3 destinos

Destinos (gordura), em Mitologia grega, três deusas que controlavam a vida humana; também

chamou o Moerae ou Moirai Eles eram: Clotho, que girou a teia da vida;

Lachesis, que mediu seu comprimento; e Atropos, que cortou. Os destinos romanos

eram os Parcas; a Os destinos germânicos eram os NORUS.

Adonis

Adonis, em grego mitologia, bela juventude amada por APHRODITE e

PERSEPHONE. Quando ele foi morto por um javali, ambas deusas o reivindicaram.

ZEUS decretou que ele passar metade do ano acima do solo com Afrodite, o

outra metade no submundo com Perséfone. Sua morte e ressurreição,

simbólico do ciclo sazonal, foram comemorados no festival Adonia.

Andromeda

Andromeda, em grego mito, princesa da Etiópia; filha de Cepheus e

Cassiopeia. POSEIDON, irritado com a alegação de sua mãe que sua beleza ofuscou

aquela das nereidas, enviou um monstro marinho que poderia ser apaziguado apenas por ela

sacrifício. Ela era resgatado por PERSEUS, que matou o monstro e se casou com ela.

Andromeda e ela pais

Melhores escritores