Precisa de uma abordagem pessoal e exclusiva?

Para que gastar seu tempo procurando trabalhos prontos online? Tente nosso serviço agora mesmo!

Familiarizando-se com a essência do tropicalismo na América Latina

Talvez você ouça sobre o tropicalismo pela primeira vez, mas esse termo é familiar para qualquer um que esteja profundamente interessado na história e na cultura da América Latina, especialmente no Brasil. Em termos simples, podemos definir o tropicalismo como uma cultura pop brasileira, impulsionada por músicos de vanguarda, artistas, escritores, diretores de cinema e teatro e assim por diante.

O tropicalismo pareceu ser uma espécie de reação à modernização ultraconservadora neoliberal do Brasil imposta pelos militares. A cultura dada tornou as culturas tradicionais e patriarcais anacrônicas por meio das técnicas mais modernas e avançadas. O tropicalismo criou uma alegoria do Brasil, expondo um abismo histórico real e uma combinação de diferentes estágios do desenvolvimento capitalista. Podemos acrescentar que o tropicalismo é uma mistura bem sucedida de entretenimento, reflexão, carnaval e festa.

O objetivo número um do tropicalismo é romper sua dependência do patrono oficial, bem como da censura ideológica, e excluir sua aliança paradoxal com o regime autoritário, ao mesmo tempo em que lida com o problema de como tornar o cinema atraente ao público, enquanto representa os interesses das pessoas.

Os diretores da Cinema Novo desempenharam um papel significativo no desenvolvimento do tropicalismo no Brasil. Eles continuaram dominando a cena sob o patrocínio da política cultural de Ernesto Geisel. Em 1975, conseguiram revitalizar a Embrafilme e deram origem à Funarte e à Concine, instituições especializadas dedicadas à promoção artística. O orçamento da Embrafilme subiu para US $ 8 milhões, de US $ 600.000. Aliás, distribuiu até 30% dos filmes brasileiros e também co-financiou aproximadamente 50% da produção cinematográfica anual.

A quota de tela saltou para 140 dias em 1980, de 42 dias em 1959, enquanto a participação dos filmes brasileiros subiu para 30% em 1980, de 15% em 1974. O dilema para os cineastas era se essas virtudes tangíveis poderiam compensar a política custos de aceitar o apoio do regime repressivo do Brasil naquela época. O regime estava mais interessado nas artes exatamente como uma ferramenta universal de suas políticas de modernização.

Alguns cineastas rejeitaram a Embrafilme como um mecanismo de controle cultural, enquanto outros criadores de filmes como Diegues, Rocha e Pereira dos Santos, que se tornaram subdiretor da Embrafilme sob Roberto Farias, estavam certos de que a Embrafilme parecia ser uma maneira de confrontar o poder das corporações multinacionais neste país.

Como funciona?

O estudante
Faz o pedido

O livro «Medicine River» é interessante e atraente para os leitores. Existem algumas situações

Escritores fazem
suas propostas

O livro «Medicine River» é interessante e atraente para os leitores. Existem algumas situações

O estudante
contrata um eskritor

O livro «Medicine River» é interessante e atraente para os leitores. Existem algumas situações

O escritor produz
o trabalho

O livro «Medicine River» é interessante e atraente para os leitores. Existem algumas situações

Você triturou para o tempo?

Temos melhores preços, confira você mesmo!

Deadline
Pages
~ 550 words
Nosso Preço
R$ 0
Preço dos concorrentes
R$ 0

VOCE PODE GOSTAR