(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Ensaio sobre igualdade, alcance e complemento do campeão

1: Descobrir a diversidade, direitos iguais e complementos na própria área de responsabilidade Diversidade significa diferença. A seleção reconhece que, embora as pessoas tenham coisas em comum, felizmente são diferentes e únicas de várias maneiras. Diversidade é reconhecer e valorizar essas diferenças. Portanto, consiste em fatores visíveis e não visíveis, que incluem atributos pessoais como história, cultura, individualidade e estilo de trabalho, além dos atributos protegidos pela legislação de esplendor em termos de raça, deficiência, gênero, crenças e idéias religiosas , posicionamento sexual e época.

Ao reconhecer e entender as diferenças individuais, adotá-las e ultrapassar a tolerância simples, podemos criar um ambiente produtivo no qual cada pessoa se sinta valorizada. A igualdade é aproximadamente ‘criar um mundo mais justo, onde todos possam participar e ter a possibilidade de realizar seu potencial’ (DoH, 2004). Direitos iguais significa ter status, direitos e chances iguais, independentemente de sua deficiência racial, gênero, fé, crenças e variações culturais, posicionamento sexual e época.

veja mais: efeitos potenciais das barreiras à igualdade e à inclusão

Com a eliminação do preconceito e da discriminação, somos capazes de oferecer serviços pessoais, justos e diversos e um mundo que é melhor e mais feliz.

A inclusão pode ser descrita como um sentimento de pertença, o senso inclui, e se sente respeitável, valorizado por quem você é, sentindo um nível de força e dedicação de outras pessoas para que você possa alcançar o seu melhor. A inclusão garante que todos usem recursos, direitos legais, bens e serviços, capazes de participar de ações.

1. Você explica tipos de práticas que sustentam direitos iguais, diversidade e inclusão na própria área de responsabilidade

Você encontrará 2 modelos principais de práticas que sustentam a igualdade e a diversidade de direitos: o “modelo de opções iguais e a” diferença e variedade

modelo.

Dentro do meu papel de administrador registrado, sou responsável por garantir que todas as pessoas, suas famílias, usuários de pessoal, profissionais de saúde e tudo com quem trabalho em parceria sejam tratados de forma igual, com dignidade e respeito. >

Dentro do ambiente de atendimento à residência de adultos, há uma variedade de políticas que, formalmente, estabelecem diretrizes e procedimentos relativos à garantia de direitos iguais. A política de oportunidades equivalentes leva em consideração os direitos de indivíduos e grupos nos contextos (“modelo de igualdade de oportunidades). No meu papel burocrático, promovemos a igualdade e defendemos a igualdade de perspectiva, os direitos e as escolhas individuais, sua privacidade pessoal, individualidade, autoconfiança, dignidade e respeito. Na verdade, também promovo a igualdade de cuidados e a confidencialidade.

Utilizado Apoio cada indivíduo exatamente onde necessário, inclusão, adaptada às necessidades individuais. Eu apóio a inclusão, garantindo que, qualquer que seja seu contexto ou situação específica, possa participar facilmente de todos os aspectos, desde o atendimento prestado. As práticas inclusivas garantem que todos pareçam valorizados e tenham uma impressão de pertencimento. A inclusão em nossas configurações é aproximadamente proporcionar oportunidades semelhantes e acesso a educação de alta qualidade e valorizar distinções como algo que podemos aprender e ser capacitado em vez de ameaçado (“modelo de diferença e diversidade).

1. dois Analisar os efeitos dos limites para a igualdade e a introdução em uma área de responsabilidade muito própria Existem muitos limites para variar e acrescentar. Os maiores tipos são geralmente preconceito, cultura e educação e moral religiosa.

O preconceito é “uma opinião preconcebida que não se baseia em explicações ou experiências pessoais, criando assim barreiras ao reconhecimento da igualdade de direitos para todos. As limitações culturais podem impedir, por exemplo, o pensamento de necessidades espirituais, relacionais ou dietéticas que certamente exigem não está em conformidade com as expectativas tradicionais esperadas.

Crença baseada na fé, onde diferentes crenças baseadas na fé não são levadas em consideração, e minorias são marginalizadas e não reconhecidas. Outras fronteiras significativas podem ser estruturais, institucionais e privadas: Estruturais, sempre que as circunstâncias criarem ou resultarem em barreiras “, por exemplo, no acesso a uma moradia adequada de ‘boa educação’, renda suficiente para atender às necessidades padrão. Institucional, onde políticas, processos, procedimentos sustentam tradições organizacionais ou de serviço que excluem determinadas pessoas ou equipes.

Obstáculos pessoais, onde o pessoal pode conter preconceitos individuais que influenciam toda a sua prática. Esses tipos de ações podem ser conscientes, no entanto, muitas vezes podem ser inconscientes ou inconscientes. Alguns indivíduos propensos e desfavorecidos precisam de mais apoio para garantir que suas palavras sejam lidas e que possam ter poder no processo de tomada de decisões.

Dentro de nosso cenário, no caso de surgirem possíveis barreiras à igualdade de direitos e introdução, elas podem ser sinalizadas e a equipe contém uma boa compreensão dos clientes individuais. As barreiras serão então removidas ou minimizadas “a prestação de cuidados é modificada, focada na pessoa e nas quais são fornecidas as soluções ou ferramentas necessárias. Para poder minimizar as consequências dessas barreiras em potencial, sempre garantimos que: ¢ Todo cuidado prestado é apropriado para a idade e o nível de carência.

¢ Todo o pessoal é orientado positivamente a prestar atenção em alguém com necessidades complicadas, nas quais geralmente não podem estar envolvidos.

¢ Todo o pessoal que trabalha com eles usando o serviço conhece a cobertura sobre variedade e igualdade de direitos. ¢ Oferecemos todos os materiais em produtos legíveis e grandes para acomodar cada uma das demandas de nossos clientes. ¢ Todas as práticas e procedimentos do ambiente serão discutidos e qualquer coisa que normalmente seja identificada como discriminatória em relação a qualquer grupo ou específico será alterada.

¢ O gerenciamento tem um conhecimento sólido das questões de alcance, igualdade e anti-discriminação.

¢ Avaliamos e aumentamos o nível de reconhecimento entre a equipe sobre questões e práticas de variedade e igualdade de direitos.

O resultado prejudicial das barreiras à diversidade e à inclusão pode promover um baixo moral e falta de determinação em nossa atenção, trabalhadores e clientes.

Compreender essas barreiras em potencial e os efeitos nos permite abordar todas elas de maneira oportuna e eficaz.

1. ATO DE IGUALDADE DE DIREITOS 2010

A Lei da Igualdade de 2010 é uma lei que proíbe tratamento injusto e ajuda a alcançar as mesmas oportunidades no local de trabalho e na sociedade em geral. O ato substituiu as leis antidiscriminatórias anteriores, com um único trabalho para simplificar a lei e remover incongruências. Isso torna a lei mais fácil para as pessoas entenderem e cumprirem. O ato também reforçou a segurança em algumas circunstâncias. A ação de execução abrange nove atributos protegidos, que não podem ser usados ​​como um motivo para tratar pessoas de forma inadequada. Cada pessoa oferece um ou mais dos atributos protegidos, de modo que a ação protege todos contra tratamento injusto. Os atributos protegidos são:

¢ idade

¢ incapacidade

¢ reatribuição de gênero

¢ casamento e aliança civil

¢ gravidez e maternidade

¢ corrida

¢ religião ou crença

¢ sexo

¢ orientação sexual

A Lei da Igualdade de Direitos estabelece as diferentes maneiras pelas quais é ilegal tratar alguém, como discriminação direta e indireta, incômodo, vitimização e não produzir um ajuste razoável para uma pessoa com deficiência. O trabalho proíbe tratamento injusto no local de trabalho, ao oferecer bens, instalações e serviços, ao exercer funções comunitárias, no descarte e gerenciamento de instalações, na educação e em associações (como clubes pessoais).

O trabalho de igualdade terá, por exemplo, impacto no meu próprio papel de gerente em relação ao recrutamento. Você precisará garantir que meus padrões de trabalho não discriminem grupos específicos de pessoas. Ao processar aplicativos nos quais você deve se concentrar, pode haver habilidades para executar o trabalho, não realmente os problemas deles. Faça adaptações para acomodar as diferenças individuais no. g. fazendo horas de trabalho, equipamento exclusivo requer etc.

A legislação e a política de impacto estão vestindo a campanha de igualdade, diversidade e inclusão dentro do meu ambiente, garantindo que políticas e procedimentos sejam escritos, respeitados e executados dentro do ambiente, para que a maioria dos funcionários tenha consciência das diretrizes e políticas relacionadas igualdade, diversidade e inclusão na prática.

Prev post Next post