(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Composição de fé e crença

Na vida cotidiana, experimentamos um grande número de conflitos e crises internas. Essas crises geralmente se manifestam enquanto dilemas morais e são parte integrante do ser humano. Mas

a pergunta que ocorre é o que nos leva a administrar a nós mesmos o modo como atuamos em situações individuais. Muitas pessoas podem declarar fé, no entanto, a verdadeira resposta são as nossas crenças. É por isso que parece que estamos em uma moralidade mais baixa em termos morais,

tendo uma emergência de percepção. A maioria das pessoas acredita que a fé realmente nos mantém unidos

e nossos valores são apenas um guia. No entanto, é realmente nossa cultura mais os conjuntos de significados que as pessoas compartilham que mediam as experiências entre si, juntamente com a combinação desses encontros que estão por trás de cada religião. Nossas crenças

são um reflexo da sua cultura que fica clara quando notamos outras nacionalidades

. Na Arábia Saudita, um exemplo é que tem um programa de crenças diferente dos EUA e esses costumes religiosos são função de suas crenças e estilo de vida combinado. Suas alterações culturais, suas crenças também mudam. Já que os conjuntos de conotações que as pessoas falam sobre mudança, suas próprias crenças serão respeitadas. Em um aspecto religioso, a diferença entre crenças e idéias é fácil de ver se você vai à igreja na semana anterior ao Natal, após a qual o dia do Natal e olha para o

diferença dentro do número de pessoas. Os frequentadores que se dedicam um dia por semana a respeito de Deus realmente acreditam em nosso deus, aqueles que aparecem nos dias de hoje provavelmente têm fé. Para não parecer cínico, ter fé é preferível a nada, realmente não é tudo o que uma pessoa poderia dar. Embora por que estamos sendo tão preguiçosos? A resposta está relacionada a nós no contexto de nossa cultura atual. No escuro

eras as pessoas têm pouco a realizar, e uma iluminação muito pequena, e assim a religião foi

apontada como uma maneira de preencher um vazio. Naquele tempo, as pessoas sabiam o que ia

acreditar em alguma coisa. Homens com a idade das trevas travaram guerras por sua fé e pereceram pelo que eles acreditavam estar certo. Não, não estou dizendo que as guerras foram uma decisão sábia, mas é uma maneira de ver como é considerar plenamente. Hoje, as pessoas não têm a ambição de lutar e proteger sua região, muito menos

oferece algo extra. Temos coisas para nos ocupar e não confiamos em um Deus para conseguir tudo o que acontece conosco. É aí que entra o movimento cultural

quando se olha para a fé. Como os indivíduos avançaram e explicaram coisas que costumavam ser um mistério, a necessidade de confiar na religião se tornou desnecessária. Nos tempos clássicos da cultura grega, os deuses desempenhavam um papel importante na vida cotidiana. Tudo o que ocorreu foi creditado a um deus, em oklahoma city, significava que Zeus estava com raiva, um mar difícil que Poseidon estava tendo um dia ruim sobre o Monte Olimpo. Eles

exigiam que isso mantivesse a ordem em coisas que eram inerentemente invertidas. Tudo foi garantido pela religião. O nível clássico da história manteve a Terra profunda, duradoura e fixa. Estávamos no centro do universo e tudo girava em torno de todos nós. Lógica dedutiva para dar causa a todos os casos em que houve

falta de entendimento. Uma suposição lógica para o grego era que um raio era um sinal de raiva dos deuses. Com o passar do tempo, a fé assumiu um papel ligeiramente diferente, como orientação para aqueles que estavam desesperados. As pessoas pararam

pensando que tudo foi feito por um grupo de deuses e começaram a confiar em um originador

responsável por todo o mundo e pelo corpo celeste no alto e por todas as estrelas. Nos anos 1500-1600, todos atingimos o estágio ultramoderno ou empírico. Todos nós percebemos que o planeta não era uma ciência duradoura e nova, uma descoberta que levou a uma nova maneira de pensar. Socialmente, nossos pontos de vista ficaram de acordo com nosso conhecimento e isso foi aceitável.

Nada era mais específico, mas as coisas se tornaram prováveis ​​e as situações individuais refletiam uma nova importância

. A ciência moderna produziu várias teorias que sistematicamente

explicam como você surgiu, no big bang da teoria do desenvolvimento. Com

essa mudança na pesquisa científica, veio uma revolução na cultura. É com base nisso que o objetivo da religião em uma circunstância moderna mudou significativamente. As pessoas foram divididas entre aqueles que imaginam a ciência e aqueles que consideram a religião.

Causou tensão no mundo e fez da discussão sobre religião um tabu. Também estreitou os tipos de perguntas que se poderia fazer sobre o universo. Apenas uma grande consulta

permaneceu. Por qual motivo?Isso é o que atualmente mantém as pessoas religiosas

sem limites. Por que estamos bem aqui tem sido uma das mais longas questões de trabalho dentro da história da Terra. Séculos foram gastos tentando encontrar uma resposta e suas melhores cabeças vieram planejar nada. É assim que

a fé pode trazer as pessoas de volta à luz, fazer o que muitas vezes fez o melhor

e dar às pessoas uma resposta para a pergunta que afeta todos nós. Adquira pessoas para

imaginar novamente, assim como os males em todo o mundo cairão.

Prev post Next post