(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Breve descrição do estilo de vida da dissertação de amostra ...

Fidel “Eddie” Valdez Ramos (entregue em 18 de março de 1928). conhecido popularmente como FVR. foi o 12º Chefe do Executivo das Filipinas de 1992 a 1998. Durante os seis anos de idade em funções. Ramos foi amplamente creditado e admirado por muitas pessoas por regenerar e regenerar a garantia internacional no sistema econômico filipino. Preliminar à sua eleição porque presidente. Ramos serviu no Gabinete do Presidente Corazon Aquino, o mais importante como chefe de gabinete das Forças Armadas das Filipinas (AFP) e. posteriormente. como administrador da defesa nacional entre 1986 e 1991. Ao longo do histórico 1986 da EDSA People Power Innovation. Ramos a convite do então ministro da Defesa Juan Ponce Enrile. foi saudado como um herói, embora ele não fizesse parte deste programa por muitos filipinos por sua determinação de interromper o descarte do falecido homem forte Ferdinand Marcos e prometer compromisso e veracidade para as recém-estabelecidas autoridades importantes do Presidente Aquino. após a ruína de Marcos da eletricidade em março de 1986. Recentemente. ele era o chefe de gabinete inadequado da AFP. mente do PC / INP sob o presidente Marcos.

Abaixo de Ramos. as Filipinas experimentaram um período de firmeza política e rápido desenvolvimento e aprimoramento econômico. como conseqüência de suas políticas e planos construídos para promover a aproximação e a integridade em todo o país. Ramos conseguiu adquirir grandes entendimentos de tranquilidade com separacionistas muçulmanos. insurrecionistas comunistas e rebeldes do serviço armado. que renovará a garantia do empreendedor no mercado filipino. Além disso, Ramos pressionou fortemente pela desregulamentação nas principais indústrias do país e pela desnacionalização de ativos de maus especialistas. Como resultado de seu ataque direto ao sistema econômico. as Filipinas foram apelidadas simplesmente por diversas revistas internacionais e percebidas como o Próximo Tigre Econômico da Ásia.

No entanto. o impulso nas atualizações econômicas feitas sob as operações de Ramos foi brevemente interrompido durante o desastre financeiro asiático de 1997. Mesmo assim. durante o último décimo segundo mês com o termo. o sistema econômico conseguiu recuar, uma vez que não foi terrivelmente atingido pela crise em comparação com outros dispositivos econômicos asiáticos. Ele é o único filipino com uma cavalaria honorária do Reino Unido no Reino Unido. o GCMG ou talvez a Grã-Cruz dos Cavaleiros da Mais Distinta Compra de Street Michael e St George. Isso foi apresentado a ele pela princesa ou rainha Elizabeth II em 95 para fornecedores de relações e autoridades políticas. Para o dia com o mês. Ramos é o líder não católico inicial e solitário da Coréia. Ele é uma das Igrejas Protestantes Combinadas de Cristo nas Filipinas. * Início da vida e treinamento

Fidel Ramos nasceu em 18 de março de 1928 em Lingayen. Pangasinan. O pai dele. Narciso Ramos (1900–1986). era um profissional legal. jornalista e legislador de 5 mandatos da Câmara dos Deputados. que finalmente se dirigiu ao secretário de Relações Exteriores. Assim sendo. Narciso Ramos foi o signatário filipino da declaração da ASEAN lançada em Bangkok em 1967 e foi um dos pais e mães em desenvolvimento do Partido de Mãos Abertas. O pai ou a mãe feminina. Angela Valdez-Ramos (1905–1977). era um pedagogo. sufragista fêmea adulta e garota com os respeitados parentes Valdez de Batac. Ilocos Norte fazendo dele um primo de segundo grau para Ferdinand Marcos. Ramos recebeu instruções extras na Universidade Centro Estudiante, em Manila. Depois que ele visitou a América. ele foi educado na Academia de Serviço Armado dos Estados Unidos e na Universidade de Illinois. onde ele obteve um mestrado em tecnologia prejudicial. Além disso, possui mestrado em Administração de Segurança Nacional pela National Security College nas Filipinas e mestrado em Administração de Empresas (MBA) pela Universidade Ateneo de Manila. * Chamada de serviço armado antecipadamente

Ramos foi para a Escola Militar dos Estados Unidos em West Point. e ele conseguiu se formar em 1950. Ramos. junto com a equipe do 20º Batalhão de Luta das Filipinas, maravilhosa colega de mundo ocidental dos anos 50. lutou na Guerra da Coréia. Ramos era um dos personagens de The Battle of Hillside Eerie. onde ele levou seu pelotão a minar o inimigo em Hill Moon como. Além disso, ele esteve presente na Guerra do Vietnã como um serviço civil armado não combatente, que aplicava ciência e oficial forte no Philippine Case Group (PHILCAG). É durante esse tipo de tarefa que ele forjou seu relacionamento amigável ao longo da vida, juntamente com seu oficial de polícia júnior, major Jose T. Almonte. que passou a procurar seu Conselheiro de Segurança Nacional durante sua eliminação, entre 1992 e 1998. Ramos recebeu várias honras militares, incluindo a Legião de Honra Filipina. Estrela Distinta de Execução.Medalha de mérito militar filipina. a Legião do Mérito dos EUA. a Legião Gálica do Acaso Exclusivo e o Distinto Prêmio de Pós-Graduação da Academia Militar dos EUA.

Chefiou a Polícia Nacional e as Autoridades Nacionais Integradas em 72, quando, portanto, o Presidente Ferdinand Marcos. eleito em 1965, impôs a jurisprudência militar para permanecer no poder e também para estabelecer um absolutismo dentro do estado. Ramos. em sua capacidade. estava encarregado do estresse de personalidades políticas. mídia e partidário etc., no entanto, ele fez esforços para que se tornassem bem tratados, embora em detenção. apesar dos maus tratos cometidos por algumas de suas subsidiárias. Nove idades, eventualmente. a jurisprudência militar seria levantada em 1981, mas a 2ª tia de Ramos ainda mantém fortes poderes absolutos na regulamentação das Filipinas. Devido a suas realizações. Ramos começou a ser um dos ativistas a ocupar o cargo de chefe das Forças Armadas modernas nas Filipinas na 81. para substituir o general Romeo Espino, aposentado. Contudo. Marcos passou por cima dele e, por outro lado. nomeou seu oficial seguro das forças armadas e ex-cavaleiro. Revisionista geral Entre no posto de serviço armado mais alto. Além disso. Ramos foi nomeado vice-chefe de gabinete da AFP em 1982. portanto, ele se tornou o segundo melhor funcionário das forças armadas depois de Ver.

Quando Ver foi envolvido na lavagem negra do ex-senador Benigno Aquino. Jr., que também pode ser conhecido como Ninoy em 1983. Ramos tornou-se o chefe da equipe da AFP no curta-metragem apenas principalmente por causa dos 85 anos. principal opositor político do regime de Marcos e célebre líder da resistência. Em fevereiro 22. 1986. a bordo, o ministro da Proteção, Juan Ponce Enrile, protestou contra a suposta fraude cometida por Marcos simplesmente dentro das pesquisas presidenciais da brisa do país e, portanto,. escapar do apoio dele e encenou uma tendência não-violenta do poder das pessoas para subvertê-lo. Além disso, o casal declarou seu apoio a Corazon Aquino. a mulher casada com o principal candidato às eleições políticas de Ninoy e Marcos. Em 25 de fevereiro, a tendência atingiu seu extremo e decisão no momento Marcos. junto com sua família. amigos e alguns protagonistas fugiram do estado para o expatriado na região das ilhas havaianas nos Estados Unidos. portanto, parando o absolutismo militar de Marcos há 20 anos, quando Aquino exigiu que ela fosse banida como a nova, mas primeira presidente madura de Israel. * Eleição presidencial de 1992

Em 12 de 1991. Ramos declarou sua campanha para conseguir o presidente. Ele mesmo assim. extraviou a seleção de candidatos do nanograma Laban do partido principal Demokratikong Pilipino (LDP) para o Apresentador House Ramon Mitra. Jr. Dias e noites subseqüentes. esse indivíduo fugiu e não estimava o LDP, chorou e fundou o Partido Lakas Tao (Partido da Energia Elétrica do Povo). solicite a nomeação do vice-presidente do conselho executivo da Cebu, Emilio Mario Osmena. A reunião formou uma aliança com a União Nacional dos Democratas-Cristãos (NUCD) do Senador Raul Manglapus e os Democratas Muçulmanos Combinados das Filipinas (UMDP) do Embaixador Sanchez Ali. Ramos e Osmena. juntamente com o congressista (portanto presidente da Câmara), José de Venecia. fizeram campanha para obter reformas econômicas e melhorar a proteção e integridade nacionais. Ele venceu a corrida de sete vitórias em 11 de maio de 1992. estreitamente conseguiu a melhor secretária democrática da Reforma da província, Miriam Defensor Santiago. Apesar de vencer. esse indivíduo recebeu basicamente 23. 54,99% da cédula. a pluralidade mais barata da história do país. As consequências das eleições políticas foram marcadas por simples alegações de fraude. embora o rasgo em uma grande mesa graduada não tenha sido comprovado. Mesmo assim. seu companheiro de chapa. Chefe dos servos Osmena. perdido para o senador Joseph Estradaas, vice-presidente. 2. Escândalo da Clark C Expo

Supostamente. Entre suas partes populares para as Filipinas estava o ressurgimento do coração chauvinista, enviando uma operação de publicidade monolítica para o centenário da Philippine Freedom, celebrada em junho de cochilo. 1998. No entanto. as acusações de suposta corrupção monolítica ou abuso de finanças prejudicaram os programas subsequentes e diferentes empreendimentos. certamente uma delas foi a Centennial Expo and Amphitheatre na ex – Clark Surroundings Base na cidade de Angeles. Pampanga. supostamente empresa de animais de estimação da família Ramos. Os compromissos comemorativos. particularmente aqueles realizados no antigo Clark Air Basic. foram perseguidos por zumbidos ilegais e contendas de corrupção, além da faixa etária após as comemorações em C.

Um certo estudo realizado pelo Philippine Middle for Examinative Journalism (PCIJ) mostrou como uma empresa que se associava ao local da Expo apenas expunha a extravagância e a ineficiência das pontas dos dedos.mas, além disso, serviu como carro conveniente para efetuar a captação de recursos eleitorais para o partido pessoal de Ramos da LAKAS no desembolso dos filipinos pagadores de impostos e em contravenção do Código de Eleições Políticas. Começa a Centennial Expo Pilipino. pretendido ser a peça central para os jubilations pela centésima vez de memórias da independência do país pela Espanha. além disso, obteve uma decisão desfavorável prolongada por ser uma empresa cara de elefante branco que prejudicou as autoridades ao custo de 9 bilhões de libras esterlinas. ou 1. seis por cento do orçamento nacional do país para 1998. Meia dúzia de membros e funcionários do gabinete de Ramos. liderados pelo presidente Salvador Laurel (ex-vice-presidente) com a taxa da Comissão do Centenário foram removidos pelo Interm�diaire e Sandigan Bayan (registro do Tribunal Popular). Ramos compareceu pouco antes de um Comitê do Congresso em outubro de 1998 para ajudar a absolver os funcionários de qualquer tipo de irregularidade. 5. Escândalo da PEA-Amari

O presidente Fidel Ramos foi acusado de corrupção no controle da PEA-Amari. O comércio discutível envolveu a aquisição de 158 hectares de terras preservadas na Baía de Manila, que sempre seriam convertidas em supostos Destinos da Liberdade. O controle foi sólido em abril de 1995 como parte do Plano Mestre de Expansão da Baía de Manila (MBMDP) do governo Ramos. O comércio de PEA-Amari – em adição a diferentes empreendimentos na Baía de Manila – deslocou-se por alguns. 000 realizando algumas atividades de pesca e famílias costeiras no Golfo de Manila apenas para oferecer maneiras a que militantes de Pambansang Lakas e Kilusang Mamamalakaya e Pilipinas (Pamalakaya) identificaram como “um empreendimento provincial imoral. Ilegal e totalmente inconstitucional”. A disposição de Ramos foi acusada de vender os envolvimentos do governo, preferindo a Amari Coastal Bay Solutions e a Filinvest Development – encabeçando uma lista de outros beneficiários corporativos – em detrimento de licitantes mais altos em estratégias variadas de criação de dinheiro, além da marcha.

Dados obtidos do PEA (General Public Estate Expert) afirmam que os pertences foram adquiridos pela Amari, pertencente à P1. sendo bilhões infiéis ou talvez P 1) 200 pesos por metro retangular, mesmo que o valor dos pertences nos próximos países tenha sido escolhido em P90. 000 por metro quadrado. O Senado, em seu interrogatório em 1998, encontrou um estande diário de notícias sobre comitês pagos a certos funcionários da PEA no valor de P1. 7 bilhões. Ramos negou as acusações de que a operação da PEA-Amari foi garantida aos membros da renda do governo Lakas-NUCD, como supõe os grupos de resistência. Mesmo assim. o ex-investigador geral Franciso Chávez registrou uma autorização para invalidar o comércio da PEA-Amari porque as autoridades estavam perdendo um milhão de milhões de pesos na venda de resgates para Amari. Em 25 de abril de 95. A PEA criou uma parceria com a Amari para desenvolver as Ilhas da Liberdade e, em 8 de junho do mesmo ano. Ramos aprovou o comércio. Em vinte e nove de novembro. 1996. o então presidente do Senado, Ernesto Maceda, enviou um endereço de vantagem assaltando a operação como a “avó dos golpes”.

Prev post Next post