(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Ensaio sobre a teoria do mal

Desagradável, para alguns um sentimento de falta de bondade ou de se tornar justamente imoral é uma classificação que tem dois simbolismos significativos. A questão que certamente é colocada diante de mim é, na verdade, que pode ser correto se defender do mal praticando o mal. O assunto desse tipo de Ensaio não pode ser a chamada definição de mal ou, infelizmente, comparada com a argumentação sobre a idéia de um indivíduo sobre o que geralmente é o mal. Nos posts de discussão em classe sobre Sócrates, seu ponto de vista era levar uma vida justa ou talvez simplesmente boa, não realizando nenhuma ação contra grandes. Eu acredito que a questão é realmente uma contradição em si. Eu mesmo tento viver uma única vida através das teorias de Sócrates, empregando a boa abordagem. A razão que contradiz por si só é porque você não pode cometer um ato ruim para se proteger da base que é contra o bem, sendo considerado mau. A analogia que dois erros nunca tornam apropriado é algo factual, embora o mal e o bem sejam conhecidos como bipolares, nenhum dos dois pode aumentar seu poder sobre o adicional. Um exemplo poderia ser uma estadia normal em casa, a mãe pega um machado e dá ao marido quarenta pancadas. O público reduzirá? Talvez o motivo fosse o fato de o marido ter sofrido um grande abuso destrutivo ao conquistar a sua cara-metade. Do ponto de vista legal, sua mulher fez uma ação imoral, tomando o que a lei declara em suas próprias mãos, mas pode ser punida com base em sua mente que a dama estava oferecendo a ele um abuso moral do mal. Examinei no texto que existem dois tipos de más moral desagradáveis ​​que são mercadorias de ímpios de nossas próprias ações, o mal não-moral como um produto do acaso ou talvez de uma inviabilidade. O julgamento poderia chegar sob forte escrutínio pelas teorias colocadas por Sócrates. Eu realmente não acredito que o veredicto possa jamais ser considerado um grande ato do mal ou do bem; por outro lado, estou absolutamente certo da presunção de que ela é culpada, porque sou finita e a realidade do caso é ilimitada. , que não posso ter certeza de que tudo seja completamente verdadeiro. Eu acho que há fato na decisão dela, exceto que eu não acredito em mim, nem em alguém, por exemplo, que jamais tenha certeza de computador.

Na mensagem de texto “Crito relata os últimos dias de Sócrates, imediatamente antes de sua execução. Como o texto é revelado, seu amigo Crito oferece a Sócrates que ele escape da prisão. Em um diálogo com Crito, Sócrates considera a proposta, com o objetivo de estabelecer se um desempenho como esse seria simples e moralmente justificado.Ele acabou argumentando que, ao simplesmente rejeitar sua sentença tentando se afastar da penitenciária, cometeria atos injustos e moralmente injustificados. No meu debate sobre Sócrates não evitar, acredito que ele se tornou um cúmplice de injustiça contra si mesmo ao aceitar leis injustas que ele entendia serem imoralmente erradas.Eu poderia afirmar a pergunta: A quem a obrigação legal de executar vereditos faz referência? Eu realmente não acho que isso se refira aos cidadãos de Atenas, mas apenas a todos os juízes e outros representantes do poder jurídico e executivo. os cidadãos não tinham o direito de participar da lei; portanto, a obrigação de executar vereditos dificilmente poderia se referir a todos eles. Desde Sócrates, como cidadão comum, um novo requisito moral de valorizar os regulamentos de Atenas por um acordo cultural organizado moralmente. Ele não se apreciara em lidar com veredictos, por não gostar de valorizar o valor injusto. Ele tinha apenas que respeitar meramente os veredictos, principalmente porque, caso contrário, teria violado a lei que havia apreciado a si próprio.

Durante meus pensamentos e opiniões pessoais, mantenho meu argumento de que nunca pode ser correto selecionar uma ação ruim para se proteger contra os iníquos. Embora eu acredite que você encontrará brechas para essa pergunta em particular, como expliquei no texto, se um trabalho feito contra um indivíduo que pode ser injusto deve ser examinado. Às vezes, sinto que um grande mal toma ações pode parecer bom na mãe natureza, mas, no momento em que a gordura moral é posta na idéia, sua fundação se desintegra ao imaginar essa ideia em particular.

Os homens temem a morte, como inquestionavelmente o melhor mal, porém ninguém sabe que pode não ser o melhor bem. William Mitford

Prev post Next post