(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Fatores Determinantes da Tragédia de Lear

Se você estiver familiarizado com a peça “King Lear”, você acha que isso é feito em um gênero de tragédia, mas é necessário entender os principais fatores que tornam a tragédia. Se você leu esta peça, sabe que seu começo é cheio de implicações trágicas. No centro desta história é o rei homônimo da Inglaterra no século 8, que tem três filhas. O enredo principal começa com uma cerimônia muito elaborada com o rei, descrevendo que ele dividiu em três o reino para desabafar rastejando em direção à morte, para que o futuro conflito possa ser evitado agora. Tomando tal decisão, o rei quer renunciar a responsabilidade, mas não deveria fazer isso. Este é um jogo que leva as irmãs a competir e o país a morrer. Desde o início, é fácil entender que esses jogos não podem terminar com algo bom. A loucura do rei torna o fim trágico inevitável. Mais um fator que prova que isso é uma tragédia é que quase todos os personagens principais morrem no final. Geralmente, os primeiros fatores que mostram que esta peça é uma tragédia estão nos personagens, seu comportamento e sua morte. Olhando para eles ao ler este livro, as pessoas sempre podem prever o fim.

Os próximos fatores que determinam que esta peça tem um gênero de tragédia estão no caos e na desordem. É impossível viver feliz quando tudo está no caos. O herói principal desta história é o rei. Ele tem poder e ele usa do jeito que ele quer. Neste caso, seu desejo era criar o caos e não há ninguém que possa impedi-lo. A palavra “nada” é uma chave e conceito neste jogo. Está presente na resposta de Cordelia ao pedido de Lear para ouvir o quanto ela o ama e no subenredo logo no começo. “Nada”, o catalisador da ira incontrolável do rei. No final da peça, podemos ver esse “nada” ou o que sobrou de um reino anteriormente forte. A Inglaterra se parece com um estado apocalíptico. Aqui, a ordem política e social entrou em colapso. O poder é algo de que ninguém precisa, porque esse reino não vale mais nada. A história passa da ordem para o caos, passo a passo, e a natureza reflete o mundo humano. O tempo é mais um fator que demonstra que essa brincadeira é uma tragédia. No centro de uma peça há uma tempestade que ajuda a enlouquecer Lear.

Geralmente, toda tragédia desse período tem características bem parecidas como o herói principal que tem poder. Esse herói geralmente fica confuso e procura a solução. Tais tragédias também têm a morte como resultado e o destino como algo que definitivamente leva a isso.

Prev post Next post