(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Limites morais e conduta individual

O desejo do sujeito moral pela autodeterminação confronta-o com as práticas tradicionalmente mais status da vida espiritual – metafísica e religiosa. Ambas as disposições se opõem conceitualmente ao conceito de moralidade porque definem seus limites. Como resultado, eles são, de uma forma ou de outra, definem os limites do bem e do mal.

A moralidade é uma forma especial, cultural e normativa de não regulação biológica das relações humanas. Proibições morais, limites morais e moralidade evoluíram dentro da raça humana antes mesmo do surgimento da religião. Sigmund Freud acreditava que apenas uma característica dominante distingue um homem dos animais – uma consciência. Não há animais que tenham remorso. Um homem separado do reino natural, quando eles perceberam o arrependimento.

A conduta individual é uma compreensão das realidades do mundo por cada indivíduo, o que se traduz em sistema de comportamento. O comportamento é uma implementação dos valores morais e limites morais aceitos na sociedade: bondade, liberdade, justiça, ajuda mútua e outros. Junto com o comportamento moral existe o comportamento imoral, baseado no ódio e na injustiça. A conduta moral implementa um conjunto de aspirações humanas morais, enquanto a conduta imoral destrói a identidade da pessoa.

A base do comportamento moral é um ato. Ato tem uma ação que pode ter avaliação positiva ou negativa da sociedade. O ato pode ser considerado uma abstenção de ação, quando uma pessoa não procura ocupar qualquer posição na situação surgida.

As estimativas que a sociedade dá às ações humanas nem sempre são objetivas, e não há critérios específicos para essas avaliações. A análise da conduta individual é baseada em muitos fatores, incluindo os motivos do comportamento; as conseqüências das ações; a realidade em que o ato ocorreu; os meios para atingir o objetivo.

O comportamento individual é sempre determinado pelo nível de moralidade do indivíduo, que é um sistema de valores e aspirações espirituais de um homem. Os principais fatores da conduta individual são as crenças morais e os limites do indivíduo, o nível de desenvolvimento cultural e a atitude obstinada. Assim, a conduta individual determina a vida do indivíduo e incorpora o conceito de bem e mal, justiça e felicidade através do sistema de ações em situações cotidianas comuns.

A conduta individual envolve, por um lado, a liberdade de escolha e criatividade humana e, por outro lado, limita-se ao âmbito das regras e normas aceitas na sociedade. Esse comportamento sempre envolve a solução do problema de escolher entre aspirações pessoais e demandas da sociedade.

Prev post Next post