(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Exemplos de superstições comuns todos os dias

Como regra, a superstição se manifesta no nível comportamental em formas rituais simplificadas – o uso de talismãs, tatuagens, gestos mágicos, etc. Um lugar especial é dado aos sinais – certos eventos são atribuídos ao significado prognóstico.

Uma das superstições mais comuns é que você não pode fazer nada na sexta-feira 13. Este dia é considerado terrível. Tal crença provavelmente veio de uma interpretação livre do Antigo Testamento. Acredita-se que neste dia Caim matou seu irmão, Abel. Por muito tempo, a lenda tornou-se repleta de mitos e especulações. Então, o número 13 tornou-se um símbolo de infortúnios e problemas. Alfred Hitchcock até criou um filme de terror chamado Friday, 13.

Outra superstição comum é que você não pode passar nada até o limite. Esta superstição tem uma base completamente histórica. Era uma vez o costume de armazenar os restos de antepassados ​​abaixo do limiar e não perturbá-lo. Passar qualquer coisa através deste lugar era considerado simplesmente perigoso. Portanto, uma simples sessão na soleira da porta não é recomendada – é um tipo de limiar entre os mundos. De um lado, existe um mundo seguro e familiar e, de outro, hostil e desconhecido. Outra interpretação também é possível – o limiar fica entre o mundo dos vivos e dos mortos.

Há uma superstição que você não pode voltar quando estiver no meio do caminho. Essa superstição também está diretamente relacionada ao limiar, com sua função de dividir os mundos. Se uma pessoa retornar, nunca atingindo a meta, ela estará fraca perto do limite. É aí que o perigo espreita – espíritos perturbados ou até mesmo certas entidades sobrenaturais, sonhando em invadir nosso mundo.

Embora hoje a tecnologia tenha penetrado em todas as esferas da vida, ainda há uma superstição que não é boa para dar um relógio como um presente. Esta superstição vem da China. Lá, acredita-se que um presente na forma de um relógio não é nada mais do que um convite para um funeral.

Também não é um bom sinal para comer com uma faca. A faca há muito é considerada não apenas um instrumento de trabalho, mas também um meio de proteção. Ao mesmo tempo, você pode se defender contra um inimigo real e contra inimigos sobrenaturais. Como resultado, a faca se transforma em um objeto mágico, que requer atenção especial. Deve ser usado somente após rituais especiais. Simplesmente comer com uma faca – significava provocar a ira dos espíritos que fazem uma pessoa agressiva e má. Também há sentido prático nesta superstição – você pode se cortar.

Prev post Next post