(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Conexão de ensaios europeus

O Tribunal de Justiça (Tribunal), para assegurar uma interpretação e aplicação uniformes do direito europeu, conseguiu estabelecer-se como um organismo altamente autorizado e imparcial. Atuando dentro de sua jurisdição, o Tribunal formulou o mais vital para o desenvolvimento das disposições conceituais do processo de integração. Por exemplo, criou o conceito de independência e autonomia do direito da UE como um sistema jurídico autónomo.

O Tribunal formulou os sinais básicos de qualificação do direito da UE. Resumiu muitas das lacunas através da interpretação judicial e clarificou o conteúdo das muitas resoluções dos Tratados e do direito derivado.

De acordo com a reforma do Tribunal de Justiça Europeu, adquire o estatuto de órgão judicial superior da UE.

Considera, em primeira instância, uma categoria bastante limitada de casos, cuja solução é essencial para garantir a unidade e a integridade do direito europeu. Por trás disso é mantida em grande parte a jurisdição préjudicial. Funciona como tribunais de recurso e constitucionais.

Este sistema inclui três tribunais independentes:

• O Tribunal de Justiça;

• O tribunal de jurisdição geral;

• Os tribunais especializados não são apenas câmaras auxiliares e uma autoridade judicial independente.

Ao mesmo tempo, a Constituição modifica o procedimento para a formação e jurisdição das instituições judiciais.

A proteção judicial dos direitos e interesses dos sujeitos do direito da UE é efetuada não só pelos tribunais, atuando ao nível da UE, mas também pelos tribunais nacionais dos Estados-Membros.

A jurisprudência da União Europeia

Se os direitos do cidadão forem considerados violados, ele tem o direito de apelar não apenas às autoridades judiciais de seu próprio país, mas também às instituições internacionais. A lei do Tribunal Europeu assume que o cidadão pode usar todas as formas possíveis para proteger os direitos pessoais, apelou por ajuda ao Tribunal Europeu. Usando a jurisprudência do Tribunal Europeu, você pode obter uma conclusão justa sobre seu próprio caso. A decisão do Tribunal Europeu pode ser tomada em relação a qualquer processo.

Além disso, a jurisprudência do Tribunal Europeu é reconhecer o fato de que os direitos do cidadão foram violados. Para todos os estados membros do Conselho da Europa, a decisão, que foi aceita pelo tribunal, é vinculativa.

O Tribunal também tem a jurisprudência sobre o restabelecimento dos direitos do requerente, que tinha sido perdido devido a uma violação dos seus direitos. Por conseguinte, o governo deve tomar todas as medidas para restaurar os direitos do requerente foram ao mesmo nível.

Prev post Next post