(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Conflito e Resolução na Disciplina de Herbert

Disciplina – um poema metafísico, que é um diálogo pessoal e franco com o autor de Deus. Neste trabalho, o poeta clama a Deus, implorando-lhe para ser justo e amoroso. É importante que, apesar do caráter pragmático do verso, o problema ainda seja relevante.

O título do poema está associado não apenas à punição, mas também à justiça. Herbert tenta provar que Deus é justo em todas as suas manifestações. Ele pede a Deus que não se apresse em punir a humanidade. O poema elogia não apenas a justiça, mas o amor do Senhor. Herbert tenta lembrar a Deus que Ele nos amou. Disciplina não é apenas fala sobre Deus, mas oferece louvor a Ele e sua capacidade de nos amar.

Submissão Herbert é um símbolo de respeito ao poeta a Deus. O poema é uma maneira de dizer ao mundo que Deus é amor.

O poema é pragmático, mas ainda é válido hoje. O produto mantém sua relevância, porque este tema e até hoje continua sendo uma questão contenciosa. Herbert destaca os dois lados de Deus. Primeiro ele fala sobre o Deus irado. Por outro lado, o autor diz que Deus é um criador amoroso, mesmo apesar do fato de que ele pode ser punido. Descreva Deus de tal forma, Herbert cria a impressão de que o criador de mais alcançável para nós e também é falível. Este conceito de penitência é significativo neste momento.

O poema também levanta a questão do poder, ou melhor, a influência da igreja sobre a humanidade da Igreja, que existiu nos tempos de Herbert. O importante é que em seu trabalho, o autor se volta para Deus não através da igreja, e diz diretamente a ele. Você pode dizer que o autor aparece diante do tribunal divino, apelando para sua misericórdia. O nome do poema sugere a ideia da busca por justiça e misericórdia.

Portanto, é muito claro que transmite sua visão do amor e da justiça do Senhor. Como resultado, o leitor pode criar sua própria idéia do poder da fé do poeta. Além disso, o poeta não questiona o amor de Deus. Em vez disso, ele argumenta que Seu amor é maior que o Seu castigo. Herbert frequentemente se refere à Bíblia para confirmar a idéia de que Deus é justo e ama a criação de soja, homem. A Bíblia usada pelo autor para maximizar a promessa que busca transmitir Herbert.

Este trabalho do poeta procura definir sua relação com Deus. Ele tenta trazer as duas emoções humanas dominantes, que são frequentemente associadas ao poder divino. Ele diz que devemos ter medo da ira e do castigo de Deus, mas ainda temos que acreditar na sua validade.

Prev post Next post