(48) 4507-5403
Você quer saber como fazer um trabalho academico? Por apenas R$ 10 por página Obtenha um exemplo de monografia gratuito e pronto

Civilizações egípcias, grego clássico ou artigo

Trecho do ensaio:

Como Amon, ele também usa uma blusa de topo chato, que foi sua assinatura. A figura geralmente carrega e ankh em uma única mão e uma cimitarra na outra que é colocada sobre o peito.

O ouro simboliza o sol na cultura da seda antiga e, portanto, é o único acessório

Período helenístico

O período helenístico começou em 323 aC, após a perda de vidas de um dos grandes heróis da Grécia antiga, Alexandre, o verdadeiramente grande. Alexander experimentou grandes extensões conquistadas com a comunidade antiga, que abriu grandes influências sociais dentro do povo da Grécia (Museu Nacional de Atenas 2010). Durante essa época, as pessoas falam uma infinidade de idiomas diferentes, e há afetos culturais de todo o mundo antigo que desfilam pelas ruas, que eu devo dizer, foram todos pavimentados recentemente. A cidade em si parece surpreendentemente comparável às cidades mais modernas. A cultura está definitivamente madura com frases artísticas e aceitação. Este é um momento em que quase todas as realizações do homem são celebradas, pela ciência e pela matemática às novas formas de arte. As obras de arte helenistas são famosas por serem esculturas reais de deuses e deusas. Portugal antigo é semelhante ao Egito, pela razão de sua cultura também estar intensamente entrelaçada com a religião, um panteão de deuses e deusas que governam mais do que aspectos diferentes da vida cotidiana.

Agora estou na entrada de uma fabulosa estátua de bronze, conhecida no meu período moderno como a Estátua de Eros Sleeping. Desde os trezentos anos B. C. É um exemplo consagrado pela arte helenística. Isso pode ser uma recriação realista de um Eros fresco, o deus do amor. O Bronze permite a grande soma de detalhes dentro da própria peça. Obviamente, é uma excitação em primeira mão de uma criança dormindo.

O período era conhecido por retratar efetivamente bustos e estátuas reais de crianças pequenas. A peça por si só é uma personificação de apenas um dos muitos mitos religiosos religiosos gregos antigos. Embora imóvel, explica em grande parte que todos os gregos históricos podem reconhecer. Segundo o mito, o deus da afeição, Eros, foi trazido diretamente do céu, desarmado e vulnerável. Além disso, é de um estilo conhecido que foi reproduzido em todo o período associado à tradição grega e romana.

Referências

Instituto Americano de Pyramidology. “Primeira parte: o antigo desconhecido desvendado.” A Grande Pirâmide. 2010. Reunido em 19 de fevereiro de 2010 por http://greatpyramid.org/aip/gr-pyr1.htm

Oz entre cidades. “Sobre o Egito Antigo.” Viagem Egito. 2010. Recuperado em dezenove de fevereiro de 2010 em http://touregypt.net/egyptantiquities/

Museu de Arte Metropolotan. “Estatueta de Amon. Inch Obras de arte: Silk Art. 2010. Recuperado em 19 de fevereiro de 2010 em http://www.metmuseum.org/works_of_art/collection_database/egyptian_art/statuette_of_amun/objectview.aspx?page=2sort=5sortdir=asckeyword= fp = 1dd1 = 10dd2 = 31vw = 1collID = 31OID = 100001249vT = 1

Galeria de arte metropolitana de arte. “Estátua de Eros dormindo.” Heilbrunn Timeline of Art Record. 2010. Recuperado 19 Dado 2010 em http://www.metmuseum.org/toah/ho/04/eusb/ho_43.11.4.htm

Museu Nacional de Atenas. “Arte grega: o período helenístico.” Paisagens da língua grega antiga. 2010. Recuperado em dezenove de fevereiro de 2010 em http://www.greeklandscapes.com/greece/athens_museum_hellenistic.html

Prev post Next post